domingo, 1 de agosto de 2010

MORTE POR ABANDONO


Meu coração está em trevas,
Negro, como noite sem lua,
Morto pela traição sua,
Mulher do coração de pedra.



Minha alma está queimando,
Ardendo no mundo infernal,
Morrendo no mundo do mal
Por não está te amando.




Assim estou por teu abandono
Morrendo sem poder viver,
Mas querendo te buscar.




Sei que tens outro dono
E eu por tanto te querer
Morro sem poder te amar.


 
Para ver o livro: clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO ACREDITO EM TUDO QUE ME DIZEM. E SÓ ACREDITO NA METADE DO QUE VEJO.